Slider

A força feminina foi o destaque do Papo Cabeça de sábado (11 de dezembro), que falou sobre o coletivo Mulheres Empreendedoras Quilombolas e também da mais recente conquista do Centro Escola Riachuelo, que recebeu o Selo de Responsabilidade Social Feminina, do Instituto ELA.

A entrevistada da Folha FM foi a moradora da comunidade quilombola de Custodópolis, Nelsinéia Gonçalves, mais conhecida como Neia.
Ela é um exemplo de superação. Após ter quatro tipos de câncer e perder os cabelos no tratamento, passou a fazer turbantes como estímulo de luta para continuar vivendo. Foi assim também que passou a integrar o grupo de empreendedoras quilombolas, em 2017.

O coletivo em ação tem como objetivo trabalhar o resgate das práticas tradicionais dos antigos quilombos criados por ex-escravizados.
SELO - Outro assunto abordado no programa foi o Selo de Responsabilidade Social Feminina, do Instituto ELA, que o Riachuelo passa a contar.
Com o Instituto, o Riachuelo fará, ainda mais, ações efetivas por melhores condições de vida para as mulheres, contribuindo para uma sociedade justa e igualitária a começar pelo ambiente escolar.

Galeria de Fotos